MENU

UNA-SUS/UFCSPA lança novo curso de Português online para saúde


UNA-SUS/UFCSPA lança novo curso de Português online para saúde

Clique em exibir as imagens para verProfissionais de saúde hispano falantes vinculados ao SUS que tenham interesse em praticar o uso da língua portuguesa para atuar na área da saúde podem se inscrever para o novo curso PORTOS - Português online para a saúde. A capacitação é ofertada pela Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, integrante da Rede UNA-SUS (UNA-SUS/UFCSPA).

O curso é online, autoinstrucional, gratuito e possui carga horária de 60 horas, divididas em cinco unidades. Ao final de sua realização, o aluno tem direito à certificação.  As inscrições podem ser feitas até o dia 15/12, pelo link: https://moodleunasus.ufcspa.edu.br/

Para dinamizar o aprendizado, o curso oferece oportunidades de prática por meio da leitura e compreensão oral de textos autênticos que tenham relação com a área da saúde. As tarefas propostas visam aguçar a percepção para as variedades linguísticas usadas nos diferentes contextos de atuação, trazendo explicações e comparações do português com o espanhol.

De acordo com a Professora Doutora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) e conteudista do curso PORTOS, Margarete Schlatter, a capacitação foi construída com base na visão da linguagem como prática social. Nas atividades propostas, o aluno é convidado a usar a língua portuguesa para ler, ouvir, compor textos, praticar determinados aspectos linguísticos, refletir sobre a língua tendo em vista propósitos comunicativos e interlocutores variados. Com base nas respostas às atividades, o cursista recebe feedbacks com comentários, explicações e sugestões de estudo.                                                                                                                   

Entre os destaques do curso, há a possibilidade do aluno poder conhecer perfis de profissionais e grupos de pesquisa brasileiros e entrar em contato com o que é noticiado na área de saúde no país. “É uma maneira de se familiarizar com quem atua na área e com os progressos e desafios do campo profissional”, explica Margarete Schlatter.

O convite para navegar no Portal ODM, na Unidade 3, é ponto de partida para usar a língua portuguesa para analisar as condições sociodemográficas da cidade em que atua e refletir sobre possibilidades de intervenção. Nas duas unidades seguintes, o cursista entrará em contato com fontes de referência sobre o sistema de saúde público brasileiro e com práticas de atendimento de pacientes na UBS. Desse modo, poderá ampliar seus conhecimentos para compreender o estabelecimento de saúde onde atua e para adequar a sua linguagem na comunicação com a população atendida. 

“A partir de atividades práticas que propõem o uso da língua portuguesa em situações relevantes aos profissionais da saúde, o cursista terá acesso a conteúdo linguístico-discursivos e culturais para participar com confiança e autonomia em interações cotidianas e profissionais em língua portuguesa, refletir sobre características do português falado e variedades escritas, refletir sobre o seu contexto de atuação e sobre modos de intervir”, destaca Schlatter.

 

« Voltar



Comentários: